Por muito tempo procurava uma forma que pudesse montar uma tabela que pudesse entregar dados específicos de serviços em uma única tela e entregar de uma forma mais simples para comparar status e recursos.

Tinha que ficar configurando vários painéis diferentes e para comparar dados tabulares provenientes de diferentes fontes, era muito trabalhoso e de difícil visualização.

Então comecei a pesquisar uma forma que pudesse visualizar todos os itens que tinha necessidade na mesma dashboard, por exemplo, conseguisse colocar a saúde e métricas de todo o parque de um determinado grupo de host, ou de servidores de um determinado cliente, em apenas uma única pagina, sem a necessidade de ficar rolando pagina ou navegando entre dashboards. …


No processo de instalação ou upgrade de banco entre versões do Zabbix, pode ser que encontremos o erro “[Z3005] query failed: [1118] Row size too large” quando utilizamos o banco de dados Mysql.

[Z3005] query failed: [1118] Row size too large. The maximum row size for the used table type, not counting BLOBs, is 8126.

Será preciso alterar o “innodb_strict_mode“ da base.

a) Desabilitar o innodb strict mode:

mysql -uroot -p'SenhaROOTMYSQL' zabbixdb -e "set global innodb_strict_mode='OFF';"

Sintaxe do comando:

  • u Usuario root
  • -p Senha Usuario root
  • zabbixdbbando_de_dado_zabbix
  • -e comando executado na base

b) Reinicie o processo do Zabbix server:

systemctl restart zabbix-server

Em caso de processo de upgrade de base, poderá acompanhar o processo com o…


Uma das novidades da ultima versão do Zabbix, 5.2, é a integração nativa com o Hashicorp Vault, com isso é melhorar a camada de segurança no armazenamento de informações secretas utilizadas no Zabbix, com isso deixamos toda a parte de armazenamento das credenciais sobre responsabilidade de um Hashicorp Vault externo. Assim não precisamos deixar macros ou em texto plano logins, senhas e informações sensíveis de forma insegura no frontend do Zabbix.

Para quem não conhece o Hashicorp Vault, acessem a pagina do projeto. LINK

Bora para HandsOn.

Nesse ambiente utilizei:

1 — Zabbix Server 5.2;

1.1 — Fiz toda a instalação por pacote dos módulos do Zabbix no mesmo…


#CaseComunidadeZabbix

Ambiente deste caso:

Server version: Debian 10

Banco: 10.3.18-MariaDB-0+deb10u1

Esta mensagem é demonstrada no arquivo de log do zabbix server, normalmente localizada em /var/log/zabbix/zabbix_server.log identificada por Z3001 (normalmente eventos relacionados a Banco recebem esta ID). Assim basta utilizar um utilitário para auxilio de leitura de logs (cat ou tail) em conjunto com um grep.

Image for post
Image for post
Erro

CAUSA:

Este erro mostra que limite de conexões simultâneas do banco foi atingido e as novas conexões não podem ser estabelecias no momento. Dependendo do tamanho do ambiente, tipos de monitoramento utilizado, integrações, consultas diretas no banco ou quantidade de pollers configuradas sem a devida analise no zabbix_server.conf, …


#CaseComunidadeZabbix

Vejo muita gente perguntando sobre o que pode levar o processo do Zabbix-Server iniciar e depois parar. Normalmente é um simples Tunning do arquivo de configuração do Zabbix-Server.

Um usuário enviou a seguinte imagem:

Image for post
Image for post

Zabbix inicia e logo após para, podemos ver que ficou ativo 7s apenas.

Primeiro passo, partir para os logs do Zabbix, torne-se amigo dos logs (antes de procurar os amigos da comunidade rsrs), a ferramenta é estruturada para te apresentar eles os erros e como corrigir. Para quem não sabe, normalmente o arquivo de log do Zabbix fica em /var/log/zabbix/zabbix_server.log, utilize o utilitário tail para verificar os logs, junto com o parâmetro -n para informar as últimas x linhas. …


O Zabbix possui suporte nativo para monitoramento de VMware desde da versão 2.2.0. A comunicação é realizada através do protocolo SOAP (Simple Object Access Protocol), o Zabbix utiliza checagem simples (simple check) direto nos serviços web do VMware, possibilitando a criação de regras de descobertas para cadastro e monitoramento de Vcenter, Hypervisores, Datasources e Guests VMs de forma automática e de forma bem simples.

Preparando o Ambiente

Preparando o Ambiente

Pré-requisitos para este monitoramento são:

  • VMware 4.1 +
  • Libxml2 e libcurl — Momento de compilação, configurar com os parâmetros — with-libxml2 e –with-libcurl, para instalação via pacote, já vem configurado por default essas opções. …

Image for post
Image for post

Neste artigo irei mostrar como podemos configurar o NGINX com o Certbot para aplicar automaticamente certificados SSL em ambientes de monitoramento, porem pode ser aplicado para outras aplicações.

Quando posso utilizar o nginx?

Ideal quando possui apenas um IP púbico e queira publicar apenas uma porta 443 e 80, principalmente quando se usa vários serviços, (Zabbix, Grafana, Gitlab, Proxymox, storage e etc). Além de não ter IPs públicos suficiente para publicação desses caras, dificilmente conseguirá dedicar cada serviço em um IP/porta porta diferente, além de ficar muito trabalhoso de se manter.

Nesse caso que entra em jogo o NGINX, além de ser um servidor WEB (igual o apache), podemos utiliza-lo como um proxy reverso, onde é possível receber uma requisição web, processar e direcionar para um servidor específico interno da sua rede, sem a necessidade de publica-lo diretamente na internet. Com fácil configuração, é muito poderoso para processar uma carga alta de requisições com pouca utilização de CPU/RAM e o principalmente, é trabalha muito bem como micro serviço/docker (mas não será o foco deste artigo). …


É muito comum precisarmos executar rotinas ou comandos dentro dos containers. Para isso existe um utilitário no daemon do docker, que facilita qualquer execução de comandos quando precisamos, chamado docker exec.

O comando exec possui a seguinte sintax.

docker exec <options> <container> <command>

Precisamos inicialmente identificar a ID ou nome do container, para isso, basta utilizar o commando “docker ps” ou “docker container ls”

docker ps
CONTAINER ID IMAGE COMMAND CREATED STATUS PORTS NAMES
2f92e332b379 debian "/bin/bash" 4 days ago Up 4 days keen_jepsen

Na primeira coluna é identificado a ID do container e na ultima o seu nome. (Obs: quando não definimos um nome para um container, usando a opção –name no momento da criação, é gerado aleatoriamente um…


Com a chegada do novo Zabbix agente escrito em GO (suportado como beta desde da 4.4), trouxe o suporte default de monitoramento de Docker com o Zabbix na versão 5. Neste pequeno artigo demonstro de maneira rápida e pratica como podemos realizar este monitoramento.

Ambiente utilizado:

Centos 7

Docker: 19.03.7

Obs: Todos os passos realizados neste artigo, foram feitos em laboratórios. Para produção, sugiro reproduzir várias vezes este, consumir bastante as documentações e verificar as práticas de segurança.

Instalado o Agente via Pacote de Instalação

Instale o repo para o pacote do Zabbix Agent 2 no seu S.O.

sudo rpm –ivh https://repo.zabbix.com/zabbix/5.0/rhel/7/x86_64/zabbix-release-5.0-1.el7.noarch.rpm

Recentemente, tive um problema ao instalar a versão mais recente do Docker no Centos 8, seguindo a documentação oficial e instalado via pacote, ele pede para que o pacote do docker 3.19 requer a versão do containerd.io maior que a 1.2.2.-3. Mesmo encontrando uma versão maior, ele apresenta o erro e não deixa instalar.

Image for post
Image for post

Problem: package docker-ce-3:19.03.8–3.el7.x86_64 requires containerd.io >= 1.2 .2–3, but none of the providers can be installed

About

bernardolankheet

Monitoring, DevOps Student and content creation!

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store